Florianópolis, 12 de dezembro de 2017
Search
Capturar

Boulos fala sobre Lula, esquerda brasileira e eleições de 2018

Reportagem:

Em uma passagem por Florianópolis, Guilherme Boulos, coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) conversou com o Maruim durante sua ida até o aeroporto para voltar a São Paulo.

Nem água ou café, o que ele pediu foram cinco minutos para responder as mensagens no What’s app. Nesses cinco minutos aquela figura imponente se converteu em um paulistano gente boa, que faz piada com os amigos, que manda mensagens para a família.

Esse lado humano sempre se perde quando olhamos pra lideranças políticas nacionais. É como se eles se tornassem titãs, esses seres inatingíveis, sem fragilidades, sem banalidades do cotidiano. Essa metamorfose durou os exatos cinco minutos. Depois disso, como num estalar de dedos já estava na minha frente novamente o coordenador do movimento que organiza ocupações em todo o país, entre elas, a mais recente, em São Bernardo do Campo, que abriga 8 mil famílias.

Na entrevista, Boulos é pontual ao afirmar que só vai discutir sua candidatura em 2018 e que a esquerda antes de discutir nomes, precisa debater um programa.