Florianópolis, 12 de dezembro de 2017
Search
marcha das periferias capa

No dia da Consciência Negra, Florianópolis tem primeira Marcha das Periferias

Reportagem:

Estamos lutando porque estamos em guerra, anuncia o manifesto da 1ª marcha das periferias de Florianópolis, que aconteceu no entardecer desta segunda-feira (20/11), dia de Zumbi e Dandara, dia da Consciência Negra. Cerca de 200 pessoas atenderam ao chamado feito pelo facebook e em reuniões preparatórias e saíram às ruas do centro da cidade para denunciar o massacre do povo da periferia, das populações predominantemente negras, e também dos povos indígenas.

O manifesto divulgado pelo movimento protesta também contra o governo de Michel Temer (PMDB) e suas reformas trabalhista e previdenciária: “Querem empurrar nosso povo para a vala, com mais desemprego, sem direitos sociais e com piores salários. Além disso, o governo temer ataca violentamente os quilombolas e indígenas enquanto dá bilhões para os banqueiros com o pagamento da dívida pública”.