Florianópolis, 12 de dezembro de 2017
Search

Pré-Universitários Populares debatem sobre acesso à educação na UFSC

Reportagem:

Ocorre neste momento V Encontro dos Pré-Universitários Populares no Centro de Filosofia e Humanidades (CFH), na Universidade Federal de Santa Catarina. Trata-se de um evento de Extensão Universitária, registrado pelo professor Eduardo Bonaldi (UFSC-CDS), organizado pelo Projeto de Educação Comunitária Integrar e Gestão Estudantil Universitária Integrar (GESTUS), que há seis anos atuam em Florianópolis com preparação pré-universitária e auxílio na permanência universitária de jovens e adultos das periferias da Grande Florianópolis. O evento iniciado nesta sexta (17/11) conta com programação até domingo, dia 19.

Os cursinhos populares pré-universitários têm ganhado espaço nos últimos anos no Brasil. Há uma histórica demanda represada das populações que almejam acessar as principais universidades públicas brasileiras. “Jovens, homens, mulheres, negras, negros, indígenas, comunidade LGBTIQ, imigrantes, pessoas em situação de rua, trabalhadoras e trabalhadores das comunidades periféricas e que não possuem condições de arcar com os custos dos cursinhos tradicionais são socialmente impedidos de transpor os muros da universidade e vêem nos cursinhos populares uma alternativa na preparação para os vestibulares e para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)”, aponta a organização do encontro.

O momento político vivido pelo país torna o movimento ainda mais necessário. Os cortes orçamentários anunciados em março deste ano, no Governo de Michel Temer (PMDB),  atingiram R$ 3,6 bilhões de despesas diretas do Ministério da Educação (MEC), além de R$ 700 milhões em emendas parlamentares para a área da educação. Levando em conta o total previsto, a pasta realizou uma redução de 15% do orçamento para o custeio das universidades, e 40% da verba para obras.

A programação do V Encontro de PUPs agrega discussões, debates, rodas de conversa, relatos de experiências e apresentações culturais. Hoje e amanhã acontecem relatos de experiência e proposições em debates sobre os desafios das ações dos cursos populares nos eixos: (1) Experiências pedagógicas e de gestão em Pré-Universitários Populares; (2) Resistência para permanência: as trajetórias dos estudantes e as políticas institucionais; (3) Classe, raça e gênero na Educação Popular; (4) Educação comunitária e ocupação de territórios; (5) Especificidades dos processos de ensino e aprendizagem no contexto dos Pré-Universitários Populares e (6) Formação docente e perspectivas teóricas em torno da Educação Popular.

Confira a programação completa no site: https://encontrodepups.wixsite.com/vencontro/programacao.