Florianópolis, 12 de dezembro de 2017
Search
DSC_01702

Uso da bicicleta em debate nesse fim de semana em Florianópolis

Reportagem:

Fotos: Thiago Bonilla

Mobilidade, estrutura cicloviária, cidadania e feminismo são alguns dos temas em debate no Fórum da Bicicleta de Florianópolis, que acontecerá no próximo final de semana, dias 18 e 19 de novembro, na Escola da Fazenda, no Campeche. O evento gratuito e aberto a toda a comunidade é organizado pela Associação Mobilidade por Bicicleta e Modos Sustentáveis (AMoBici) e visa discutir sobre a bicicleta e seus usos no cotidiano das pessoas e da cidade. A inscrição é gratuita e pode ser feita na página do evento no Facebook.

A expectativa é que esse evento seja o começo de um diálogo permanente entre diversas possibilidades de fazer mobilidade sustentável em Florianópolis, afirma Sérgio Fregolão, integrante da AMoBici. “Reuniremos ações de grupos femininos, de cegos, de skatistas, de pedestres, de cicloviajantes, entre muitos outros, a fim de podermos inserir estas demandas nas pautas do poder público para promover viagens sustentáveis mais seguras”, conta o cicloativista.

Naiara Lima, idealizadora do projeto Pedal Glamour, que dá dicas e incentiva quem quer usar a bicicleta no cotidiano, será uma das participantes da mesa sobre feminismo, que acontecerá no domingo. A mesa discutirá, entre outros assuntos, as implicações de ser mulher e pedalar, como a falta de incentivo e representatividade, o assédio e o medo. “Quando se discute essas questões, se dá visibilidade  e se questiona o porquê é assim e como podemos mudar. O machismo é tão enraizado e corriqueiro que muitas vezes, o simples fato de apontar as questões e mostrar que é possível ser diferente, já é um enorme avanço”, afirma Naiara.

DSC_0227

Cicloativistas passam pela Ponte Colombo Salles, em uma edição da Massa Crítica. Foto: Thiago Bonilla.

 

Programação

No sábado, o foco das atividades será a mobilidade, com mesas sobre a inclusão da bicicleta no Plano de Mobilidade, os possíveis novos usos da Ponte Hercílio Luz, o sistema cicloviário e a segurança viária em Florianópolis.

No segundo dia de Fórum, dia 19, os assuntos serão voltados à bicicleta e cidadania, com discussões sobre ações cidadãs em prol da bicicleta, feminismo, acessibilidade universal e a história do cicloativismo em Florianópolis. Também acontecerão oficinas de cicloturismo e bike polo (esporte semelhante ao Polo, onde os cavalos são substituídos por bicicletas) e exposições de fotografias e bicicletas antigas.

23634902_1932058376809674_1354999938_n